FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DO ESTADO DO TOCANTINS
BUSCA NO SITE
TEMPO
Notícia

Tocantins aplicou em recursos cerca de R$ 1,5 bilhão pelo Fundo em 2019

05/02/2020 14h47

Com taxas de mercado competitivas, o Banco da Amazônia, responsável por administrar o Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), está disponibilizando R$ 2,09 bilhões em recursos para os empreendedores do Tocantins em 2020. O FNO contempla desde o agricultor familiar, o microempreendedor urbano, até o pequeno e o grande produtor rural ou a grande indústria, com foco no desenvolvimento produtivo regional.

As expectativas para 2020 são as de ampliar o número de contratações por meio do FNO, levando em conta o crescimento considerável do agronegócio em toda a Região Norte, principalmente nos últimos anos. Além de linhas específicas para agronegócio, extrativismo e sustentabilidade, o Banco da Amazônia também viabiliza financiamentos para áreas de infraestrutura, energia fotovoltaica, ciência, tecnologia e inovação.

O Tocantins aplicou em recursos cerca de R$ 1,5 bilhão pelo FNO em 2019. A expectativa do Banco é que a conjuntura econômica se torne ainda mais favorável e, assim, contribuir para que o Estado continue se desenvolvendo, possibilitando desta forma a alocação dos recursos para os setores produtivos da região. Com a base produtiva assentada na atividade rural e posição geográfica privilegiada, associadas à excelente disponibilidade de terras e de energia elétrica, o Tocantins assume destaque no agronegócio, onde despontam as cadeias produtivas da pecuária de corte, pecuária de leite, grãos, abacaxi, apicultura e piscicultura.

Contratações do banco no agronegócio do Tocantins crescem 69%


As contratações do Banco da Amazônia para o setor rural do Tocantins, em 2019, com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), chegou a R$ 1,27 milhões, um salto de 69% em relação a 2018, alcançando a segunda melhor colocação entre os estados do norte. De acordo com o superintendente regional da instituição no Tocantins, Marivaldo Melo, esse foi o segundo melhor resultado em contratações da história do Banco no Estado.  Vários fatores levaram a este resultado. Internamente, o Banco se modernizou, criou plataforma digital, automatizou a análise socioambiental, ampliou sua rede de parceiros, criou plataforma digital, e, com tudo isso, simplificou os processos. Tudo isso reduziu o tempo de esteira, o que favoreceu a agilidade nas análises de propostas de financiamento. “Vamos repetir 2019 com 100% de cobertura de crédito nos 139 municípios do Estado em 2020, alavancando a agricultura familiar e empreendedores informais da cidade com o programa de microfinanças”, informou Marivaldo Melo. (FONTE: T1 NOTICIAS e BANCO AMAZÔNIA)






   
  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.