FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DO ESTADO DO TOCANTINS
BUSCA NO SITE
TEMPO
Notícia

FAET INFORMA : Janela de plantio no Tocantins está liberada

23/04/2019 12h22

A Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) comunica que está aberta a janela para plantio de sementes de soja nas várzeas tropicais tocantinenses, no período de 20 de abril a 31 de maio, na região que compreende os municípios de Lagoa da Confusão, Pium, Formoso do Araguaia, Guaraí e Dueré, conforme estabelece a Instrução Normativa nº 6, de 9 de abril de 2019. Já o prazo para a colheita encerra no dia 30 de setembro.

De acordo com o gerente de Sanidade Vegetal da Adapec, Marley Camilo, a partir deste ano, o prazo para a janela de plantio nas várzeas tropicais foi reduzido em 15 dias em relação aos anos anteriores para atender uma recomendação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Formoso e também diminuiu em 10 dias o prazo para colheita. “Por isso é importante que os produtores rurais fiquem atentos a estes novos prazos”, alertou Marley, acrescentando que possíveis prorrogações só ocorrerão em casos de excepcionais.

O plantio de soja nas várzeas tropicais é autorizado pela Agência neste período, em condições de excepcionalidade para produção de sementes ou pesquisa. Porém, a Agência exige o cadastramento da área plantada até o 5º dia útil após o fechamento da janela de plantio, preenchimento do formulário de cadastro, planto de trabalho, termos de compromissos e croqui da área plantada. Vale infirmar, que o plantio de soja nas demais regiões do Estado continua proibido, conforme prevê a legislação.

Para garantir a segurança fitossanitária das lavouras quanto à Ferrugem Asiática da soja, a Adapec monitora permanentemente toda a área plantada nas várzeas tropicais desde a semeadura até a colheita e orienta os produtores quanto a aplicação de fungicidas.

Na semana passada uma equipe da Adapec visitou estas regiões orientando os produtores sobre a redução da janela de plantio e demais alterações contidas na IN 6/2019. “As várzeas tropicais possuem uma grande importância estratégica na produção de sementes de qualidade com alto grau e vigor de germinação que abastece o mercado interno e nossos estados vizinhos, por isso, mantemos constantemente o monitoramento de pragas nesta região durante toda a safra,” disse o presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha.

Para realizar o cadastro da lavoura o produtor deve fazê-lo nos escritórios da Agência, devendo antes, realizar o download dos documentos necessários no site da Adapec, no endereço: www.adapec.to.gov.br, preenchê-los e depois entregá-los.

Em 2018, foi plantada nas várzeas tropicais uma área de 60.270 hectares de soja-semente.

Veja também outras notícias
Naturatins visita aldeia indígena Xerente para diálogo sobre proteção ambiental
Polícias civil e militar atuam para evitar perturbação do sossego público no Tocantins
Polícia Civil prende suspeito de homicídio qualificado em Palmas
Governador Carlesse promove policiais militares e bombeiros e afirma que corporações são as melhores do país
Projeto de escola de Porto Nacional incentiva consumo de alimentos orgânicos na comunidade
Saúde realiza curso de brigada de incêndio com servidores
Potencial turístico das Serras Gerais é tema de evento em Palmas
Saúde esclarece sobre nível de contaminação da água
Governo regulariza propriedades de 225 famílias em Miracema
Operação Semana Santa da PM realiza mais de 5 mil abordagens a veículos e pessoas (FONTE: ADAPEC)



   
  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.